Qual é a aplicação financeira do meu grupo de consórcio?

03 fev

Qual é a aplicação financeira do meu grupo de consórcio?

Você já viu aqui no Blog da ABAC que, após a contemplação, o crédito deixa de ser atualizado (conforme critério definido em contrato) e passa a receber os rendimentos de sua aplicação financeira. Mas qual será a aplicação financeira do seu grupo de consórcio?

A modalidade de aplicação financeira ao qual os recursos do grupo são submetidos é definida pelos próprios participantes. Isso ocorre durante a primeira Assembleia Geral Ordinária.

A aplicação deve ser definida dentre as opções permitidas pelo Banco Central do Brasil, que é o órgão responsável por regulamentar e fiscalizar o Sistema. Elas constam no Artigo 6º da Circular nº 3432, e são:

I – títulos públicos federais registrados no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), inclusive por meio de operações compromissadas; e

II – fundos de investimento e fundos de investimento em cotas de fundos de investimento constituídos sob a forma de condomínio aberto, que sejam classificados como de Renda Fixa e que incluam na sua denominação os sufixos Curto Prazo, Referenciado ou Simples, nos termos da regulamentação editada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Além disso, é importante não confundir atualização do crédito, com o valor acrescido de rendimentos financeiros após a contemplação. Para saber mais, leia também Crédito do Consórcio: não usei e o valor mudou. Quanto vou receber?

Por fim, para saber qual a aplicação escolhida pelo seu grupo, você pode solicitar à administradora, a cópia da ata da primeira assembleia. E se você já foi contemplado e ainda não usou o crédito, você também pode consultar a empresa para obter informações sobre os rendimentos financeiros do seu crédito.

Caso ainda tenha ficado alguma dúvida, você pode entrar em contato com a CREDITCON pelo e-mail falecom@consorciocreditcon.br.

Write a Reply or Comment

20 + 11 =